Nossas Notícias

Tapioca

A barriga roncou? Saiba o que comer

Você se alimenta corretamente, sempre manda algo para dentro de 3 horas em 3 horas como é recomendado para manter o metabolismo acelerado, mas vez ou outra aquela fome aparece de repente. Pode ser de madrugada, antes ou depois do treino, quando a barriga ronca o que você mais quer é comer algo rapidamente para que a sensação incômoda acabe.

Mas o que você deve comer em cada momento do dia para não fazer com que a sua dieta tão regradinha vá por água abaixo? Siga essas dicas e tenha sucesso.

Durante a madrugada

Se a barriga roncar na madrugada, pode ser sinal de falta de uma alimentação equilibrada durante o dia ou de algum estresse sofrido, além de mostrar que falta serotonina no corpo, hormônio responsável pela regulação do ritmo circadiano, do sono e do apetite. Durante a noite a serotonina já cai um pouco, mas se você ficar com muita fome a dica é optar por alimentos ricos em triptofano, que são percussores desse hormônio. Boas pedidas são banana, laranja, leite, iogurte e cereais integrais.

Combinações saudáveis para esse momento do dia (e nas quais você pode apostar de olhos fechados) são iogurte sem lactose com chia e leite de arroz ou de amêndoas batido com banana e duas castanhas-do-Pará.

Em tempo: procure comer algo ao menos 2 horas antes de dormir. Mas evite ingerir carboidratos simples como pães brancos, massas e doces, pois eles elevam a glicose no sangue e dão ainda mais fome. Se der, faça alguma atividade física (não muito intensa) cerca de 3 horas antes de deitar, pois isso também ajuda a elevar a serotonina.

Antes de correr

Se a fome chegar antes do treino, a dica são alimentos que tragam saciedade e, ao mesmo tempo, deem energia para correr. Você pode apostar em uma fruta com chia ou linhaça e três castanhas; no pão integral com geleia de frutas; nos cookies integrais e na água de coco; assim como pode tomar um copo de suco de uva integral sem açúcar, comendo um mix de castanhas (5 unidades).

Outra boa pedida é a crepioca. Ela é feita com duas colheres de goma de tapioca e duas claras de ovo. Misture bem os dois ingredientes e, em seguida, coloque-os na frigideira. Recheei a crepioca com geleia sem açúcar ou pasta de amendoim. Outros dois bons acompanhamentos podem ser o atum ou o frango desfiado.

Depois do treino

Sentiu aquela fome de leão depois do treino? Opte por uma fonte de proteína, que além de dar saciedade, atua na reconstrução muscular, já que os músculos são desgastados durante o treino. Inclua, ainda, uma porção pequena de carboidrato no prato para repor o glicogênio muscular.

Boas pedidas são uma dose de whey protein, ou proteína do arroz, batido com uma fruta de sua escolha e água; um barra de proteínas e uma fruta; uma porção de frango ou peixe com arroz integral e salada; e um omelete com dois ovos e uma gema com recheio de sua preferência.

Fonte: O2 Por Minuto

Compartilhar: